Eu agradeço, eu agradeço, eu agradeço, eu agradeço,…

22:44 Juliana A. Malhardes 1 Comments

418638_3096081261501_1457023572_n

Me peguei pensando no sentido de fazer comida e o que torna essa experiência prazerosa. Sinto que não é pelo ato mecânico de fazer comida, muito mesmo fazer sozinha para oferecer, com certeza não… A alegria de estar na cozinha viva, entre sementes, vegetais, temperos, aromas e sabores está além,  é o sentimento de estar no mundo com os outros. Fazer junto, com encantamento, compartilhando habilidades na busca de saberes e sabores no caminho da busca de viver de bem com a vida. 

Hoje vivi mais um lindo dia de trabalho vivo, tão tão tão tão especial... Dialogando com parceiros, grandes amigos, fortes e lindos nas suas escolhas luminosas. Escolhemos juntos caminhos vivos a seguir para estar com gente e germinar a alegria das sementes. Dei aula para algumas pessoas, como costuma ser o dia de quarta feira. E pela graça da vida, terminei o dia com a sensação de que “servi para gente ser mais feliz”. Sim, é isso que sinto quando vejo “as flores” do meu jardim vivo crescendo em vitalidade, germinando “sorrisos fáceis” combinados com olhos brilhantes de faces de luz. Esse é o alimento que aquece a alma. É o maior retorno que um trabalho poderia ter: ver gente sendo mais feliz.

Quando saí da última aula do dia de hoje, o sol já havia ido descansar fazia um bom par de horas, e o sorriso da minha alma era grande como o céu marinho na imensidão da noite. O dia grande chegou ao “fim” com sabor de presente de vida, o sentimento de que participei da germinação da semente da alegria em pessoas que estão se percebendo cada dia mais de bem com a vida. Mas hoje tenho uma gratidão especial, por uma moça reluzente que está re-encontrando o encantamento com a vida na germinação de sementes. É realmente lindo ver alguém colher com beleza os méritos dos que escolhem viver e ser feliz.

É com gratidão que venho compartilhar que descobri que o que eu faço dos meus dias, promovendo a divulgação da Culinária Viva é muito mais que um trabalho, está além de mim, é missão de vida. Não se trata mais de “ser viva”, mas sim de “SERvir”. VIVER! :o)  Então, cantarolando com a alegria dos anjos: Eu agradeço! Eu agradeço! Eu agradeço! Eu agradeço! Eu agradeço! Eu agradeço! Eu agradeço! Eu agradeço! Eu agradeço! Eu agradeço! Eu agradeço! Eu agradeço! Eu agradeço! Eu agradeço! Eu agradeço! Eu agradeço! Eu agradeço! Eu agradeço! Eu agradeço! Eu agradeço!

Com carinho, alegria e gratidão!

Juliana Malhardes

Foto: Luciano Vivo.

Você também pode gostar de:

Um comentário:

  1. Olá, Juliana! Vi a matéria sobre slow beauty na revista O GLOBO e me interessei pelo assunto, procurei seu nome no google e achei seu blog! Gostei muuuito dos seus posts, da alegria e paz que vc transmite nas suas palavras! Trabalhar com algo que nos faz sentir vivos e realizados é...Indescritível!
    Parabéns pelo o seu trabalho!
    Camila

    ResponderExcluir

Olá! Deixe seu comentário!
Vamos germinar juntos ideias vivas!
Com carinho,
Juliana