Brigadeiro vivo de panela!

novembro 23, 2013 Culinaria Viva 0 Comments


0 comentários:

Olá! Deixe seu comentário!
Vamos germinar juntos ideias vivas!
Com carinho,
Juliana

Bombons de Chocolate 100%

novembro 18, 2013 Culinaria Viva 0 Comments


0 comentários:

Olá! Deixe seu comentário!
Vamos germinar juntos ideias vivas!
Com carinho,
Juliana

Cruzinha Viva Italiana!

novembro 12, 2013 Culinaria Viva 0 Comments


0 comentários:

Olá! Deixe seu comentário!
Vamos germinar juntos ideias vivas!
Com carinho,
Juliana

Próximas aulas!

novembro 12, 2013 Culinaria Viva 0 Comments


0 comentários:

Olá! Deixe seu comentário!
Vamos germinar juntos ideias vivas!
Com carinho,
Juliana

Viva os desafios! Feliz segunda!

novembro 11, 2013 Culinaria Viva 0 Comments

Querid@leit@ amig@! Bom dia! 
Acredito que o melhor da vida vem da superação dos desafios, dos quais ela é feita! Decididamente não tem moleza não! Eles pitam o tempo todo e pronto! É assim que é na real! Né, não? Diz aí?

E que a boa mesmo é escolher seu caminho de VIDA, tomar sua direção, ouvir seu coração, observar os resultados do esforço realizado e rever o caminho! Seguindo sempre fiel os seus PRINCÍPIOS, que são a direção dada pelo coração! COR- AÇÃO! Onde nasce a COR-AGEM!

E se cair? Tá bom também, é esperado! Cair é parte natural do aprendizado! 
A boa é saber LEVANTAR, erguer a cabeça e RECOMEÇAR!
Aprendi na Yoga que essa é a sabedoria do "verdadeiro herói". Não é vencer todas as batalhas, mas SABER RECOMEÇAR. 

Ah, os desafios! Esses são precioso portais que precisamos encarar com coragem e determinação! Ver qual é! Pois é nessa hora que encontramos o sabor de alcançar novos limites, novos sabores e possibilidades inimagináveis. Quer seja no corpo, no trabalho, nos relacionamentos, no que for... Isso é fato!

E aí chegamos na mensagem que quero passar: é aí que vida se manifesta no seu sentido absoluto! MÁXIMO! Quando eu penso que eu temi, mas eu acreditei, paguei pra ver, fiz e venci, quando supero meus medos, realizo meu Caminho, venço a mim mesmo e quem eu pensava que era. E RENASÇO então, no infinito de um instante estou NOVO! 

Segunda é um ótimo dia pra recomeçar! Se superar! Sentir-se VIVO! Ser o seu herói!
Desejo que você, querid@ leit@r, caia dentro de suas metas e sonhos, quer sejam dietas, estilo de vida, uma nova malhação, um novo esporte, outro trabalho, curtir alguém ou um lugar, ofertar um sorriso pra gente que ainda não sente, não importa! FAÇA!

Pra não dizer que tem não regra, temos uma regra: só importa que seja caminho de crescimento e felicidade - do coração! E estando nele, seguir firme, cair dentro, vestido do esforço de quem quer vencer seus limites! Ah! Viva seu corpo como CAMINHO! Chore se for preciso, se for pra ganhar força em seus movimento e depois seque as lágrimas num SORRISO de VITÓRIA AMARRADÃO! 

REINVENTE-SE pelo mero fato de estar VIVO! ESSA É A OPORTUNIDADE! 

FELICIDADE E REALIZAÇÃO é resultado de MUITO ESFORÇO, DISPOSIÇÃO, DISCIPLINA, ALEGRIA E CORAGEM, alguma técnica, ajuda claro...rs e muito! 

Vamos lá! Felizes metas! Pequeninas ou grandes! Lindas realizações! 
E se ainda estiver com medo, vai com medo mesmo!!! Seja como for, a vida tem mais sabor se for vivida assim! Intensamente!!! 

Feliz SEMANA PRA VC! 

E pra ajudar na coragem..rs vale encher a cara de SUCO VERDE!!! CLARO!!! 
Com muita alegria no coração!
Da sua amiga Juliana Malhardes!

0 comentários:

Olá! Deixe seu comentário!
Vamos germinar juntos ideias vivas!
Com carinho,
Juliana

SEGUNDA SEM CARNE

novembro 11, 2013 Culinaria Viva 0 Comments



Dica de substituição!
Trigo em grão germinado, além de fazer uma figuração perfeita de carninha moída (foto abaixo),
é rico em enzimas digestivas, vitalidade, força viva do sol e ainda é RICO EM PROTEÍNAS! 



Receitas:
“CARNINHA MOÍDA” VEG VIVA
Ingredientes:
2 xícaras de trigo em grão
¼ de uma cebola média fatiada fino em rodelas
1 tomate médio picadinho (com sementes)
3 colheres de cheiro verde (salsa e cebolinha) bem picadinhos
2 colheres de shoyo para marinar a cebola
1 colher de chá de sal
Azeite a gosto

Preparo:
1. Germine as sementes de trigo em grão, deixando de molho por uma noite, depois vire num escorredor de arroz, deixe tomando ar, lavando com água pura pela manhã e anoite até que coloque um narizinho branco. Esse é sinal de que está na hora de ser preparado. A maioria das sementes germinadas entre 24 e 48 horas. Só consuma se mais que 80% das sementes estejam germinadas. No dia do preparo evite lavar as sementes, pois a umidade irá comprometer o preparo.
2. Misture o sal no trigo germinado, leve a uma processadora até que as sementes fiquem no ponto parecido com trigo de tabule ou carne moída.
3. Pique os demais ingredientes.
4. Molhe a cebola no shoyo. Drene o excesso de shoyo.
5. Numa panela, misture todos os ingredientes, misture delicadamente para que não fique empapado.
6. Leve ao fogo, movimente o alimento com a mão dentro da panela, enquanto a mão suportar o calor o alimento não perderá vitalidade, ou seja, não entrará em cozimento. A mão funciona como um termômetro da vida.
7. Depois de amornar acrescente um fio de azeite, ajuste o sal e sirva com alegria!

Rende: 1 a 2 porções. 

0 comentários:

Olá! Deixe seu comentário!
Vamos germinar juntos ideias vivas!
Com carinho,
Juliana

Curso com aula de Bombom de Chocolate 100%

novembro 07, 2013 Culinaria Viva 0 Comments



No curso de 12/11/2013!
Acesse AGENDA
Conheça o PROGRAMA de curso e
 faça sua INSCRIÇÃO!
Até breve!
Juliana Malhardes

0 comentários:

Olá! Deixe seu comentário!
Vamos germinar juntos ideias vivas!
Com carinho,
Juliana

Dica de filme

novembro 07, 2013 Culinaria Viva 0 Comments

Olá leit@r amig@, que bom que você está aqui! Hoje vim trazer uma dica de ALIMENTO PARA ALMA! Abaixo da salada de ideias que vim compartilhar contigo, segue um link para você assistir La Belle Verte! Você já viu? Então fique com texto de presente! Vai que algo nele te representa! Por favor, não se furte aos comentários, se assim desejar.

Considero esse filme um clássico de cabeceira para todos que estão no caminho de uma nova forma de viver e ver a vida! E nos faz sentir mais confortáveis no desejo de ser e viver "fora do quadradinho" do sistema do "todo mundo e tudo igualzinho". Como se fossemos filhos de máquinas e não nascidos de mulheres humanas semeadas com sementes de homens ricos em propriedades naturais biodiversas magníficas (ainda que mais ou menos preservadas, claro...rsrsrsrs).  

De maneira muito bem humorada, o filme nos inspira a seguir confiantes a condição de feliz biodiversidade humana, legitimando o desejo natural de vivermos nossa real-idade, nossa beleza viva natural, sem que precisemos nos travestir de disfarces estéticos e comportamentais (o que creio que seja praticamente a mesma coisa), dentro de um padrão globalizante de mentirinhas (disfarces = usar de farsa) como uma condição para nos sentir amados...rs. Ui... Já pensou nisso?

 


Com carinho,
Juliana Malhardes

0 comentários:

Olá! Deixe seu comentário!
Vamos germinar juntos ideias vivas!
Com carinho,
Juliana

Página da Gratidão!

novembro 06, 2013 Culinaria Viva 0 Comments

Gratidão por sua presença em nosso blog! 
Sinta-se muito bem vindo em nossos cursos!
Cadastre-se na nossa mala direta e receba GRATUITAMENTE:
Receitas, dicas, ideias vivas e agenda de cursos.
Nos visite no facebook.com/culinariaviva.com

Até breve!
Juliana Malhardes

0 comentários:

Olá! Deixe seu comentário!
Vamos germinar juntos ideias vivas!
Com carinho,
Juliana

Alimento como mediador entre o mundo interno e o externo

novembro 06, 2013 Culinaria Viva 0 Comments

Bom dia querid@ leit@r!

Hoje vim compartilhar vivas ideias sobre uma forma de ver o alimento como uma espécie de "mediador" entre o nosso mundo interno e externo.

Você já parou para pensar que as informações contidas nos alimentos geram formas pensamentos, que afetam e norteiam a nossa forma de ver o mundo, de enxergar a vida, influenciando a nossa inteligência emocional? 

E que a qualidade nutricional dos alimentos que ingerimos nos leva a estados de felicidade ou depressão, de alegria ou tristeza, conforme o impacto causado em nossos intestinos? 

Pois é, além de informações nutricionais, o alimento/matéria é impregnado de energia, que contém informações precisas sobre a relação de cuidado que ele recebeu, os processos que passou e os ambientes aos quais ele foi submetido. E nosso corpo fantástico, em sua inteligência sensível é capaz de perceber, digerir e processar essas informações, como alimento para mente.

Não é incrível pensar que o alimento afeta a forma que percebemos a vida? Se a sentimos como plena, se nos posicionamos como responsáveis por nossa própria felicidade ou se assumimos uma postura depressiva diante da vida e dos outros, nos colocando como vítima das circunstâncias, tudo  está relacionado a saúde do corpo como um todo. 

Isso não deveria ser visto por nós como uma novidade, uma vez que a sabedoria ancestral já aponta isso há milênios em diversas culturas. Você lembra  da velha máxima “mente san in corpore sano”? A ciência moderna hoje comprova tudo que falei anteriormente como fato. 

Recebi um vídeo hoje que me fez sentir muuiiiito motivada a compartilhar com você! Ele é bastante funcional como semente de reflexão para nossos hábitos de vida cotidianos, nossa forma de ver a vida e até de nos alimentar, mas especialmente ele me fez pensar nas celebrações de fim de ano que se aproximam... 

Finalmente são festas de celebração da Vida, não é mesmo? Onde recordamos o Amor Maior que renasce em nossos corações, a gratidão pela colheita de um ciclo que se encerra, num momento mágico de reflexão sobre as bênçãos que esperamos receber no novo ciclo de esperança que se abre,...  Bem, é assim que eu vejo a essência das Festas de Fim de Ano, e você?  Concorda comigo?

Aqui onde vivo, aqui no Brasil, as festas de fim de ano são mergulhadas num cenário de verão próprio de um magnifico país tropical, pleno de sol, frutas diversas colorindo as bancas de toda esquina, deliciosas e abundantes verduras verde estonteantes, onde a vida pode ser regada a água de coco, tudo temperado por um clima "caliente" intenso, onde o corpo pede muita água e pouca roupa! Tudo fresco e frugal é o que ele precisa para pulsar com alegria!

Curioso é pensar que nossas festas, são aclimatadas pelo sentido da cultura globalizante onde aprendemos a comprar o que tem pra vender. Quer brincar comigo? Vamos lá...rs

Pra começar com suavidade, quase não temos maçãs, mas nossas árvores de natal têm bolas vermelhas, mas não deveriam ser amarelas, cor de manga ou laranja, até verde, cor de limão, não seria mais natural daqui? Todo quintal, praça ou pátio de prédio “aqui” pode cultivar as três o ano todo!

E aqueles engraçados bonequinhos de neve, com cachecol e gorro, dentro roupas de mangas compridas, todos com cara gorducha, pele cor de rosa/ modelo europeu obeso e que são usados para enfeitar pinheiros de plástico.

Deve ser porque os naturais não sobrevivem bem aqui, afinal não fazem parte da nossa biodiversidade!  É tudo uma comédia humana! Quem seriam os nossos bonequinho? Saci, curupira, a Cuca de Monteiro Lobato? Peço que me ajude a pensar criativamente, porque honestamente eu não sei responder! ...rs  Rena, com ou sem nariz vermelho, como certeza não vive no Brasil...rs Podiam ser uma mulas puxando carroças...rs Isso sim é nosso!!! kkkkkkkk

E a comida? Valha-me Deus!!! Importamos cegamente uma cultura de alimentos próprios de outro clima, de outra estação, de outra cultura! Aqui, de uma maneira geral, não NEVA!

As comidas das festas são altamente calóricas, pesadas, ricas em frituras, de difícil digestão, com muita gordura animal,... Antes de tudo representam um sacrifício humano! Uma vez que seus assados impõe sofrimento a cozinheiras e cozinheiros que se literalmente se matam, assando seus corpos no calor de fornos escaldantes num clima tropical... Precisa de comentários?

E as bebidas? Com tanta água de coco nesse Brasil maravilhoso, com tanta fruta dando mole no pé, pra fazer suco e sacolé! Escolhemos bebidas alcoólicas para garantir a dor da ressaca do dia seguinte?! Ferindo o fígado e fazendo a raiva! Raiva da vida, do outro,... É assim que queremos começar o ano?

Uf.... Suspiro... Parei... Pense comigo, leit@r amig@! Como vamos fazer a nossa festa?

Que lindo seria sua festa enfeitada com alimentos frescos liiiiindos e abundantes, não é mesmo! Onde as mulheres pudessem passar o dia do Natal curtindo o calor da praia, da cachoeira ou banho de mangueira no quintal, no lugar de ficar se assando para agradar, quem nem vai ligar muito, nós bem sabemos... não é mesmo? Porque ainda vai ter os pobres coitados que vão comer para agradar a sofredora!

Com essa conversa toda eu queria chegar nos EMBUTIDOS, que igualmente compramos nesse pacote de maluquice importa de muitos lugares e  assumimos como indispensáveis nas festas das crianças, como inocentes cachorros quentes e também nas nossas Ceias de Natal e na orgias gastronômicas do Ano Novo. E para falar por mim, segue o vídeo!

Uma linda germinação pra você!

Espero que apreciem e divulguem esse vídeo desmoderadamente: 

Com gratidão e amor,
Juliana Malhardes

www.culinariaviva.com.br 



0 comentários:

Olá! Deixe seu comentário!
Vamos germinar juntos ideias vivas!
Com carinho,
Juliana

Dia Mundial Vegano

novembro 01, 2013 Juliana A. Malhardes 0 Comments

Receitas da Culinária Viva Vegana no OGLOBO!

Image

0 comentários:

Olá! Deixe seu comentário!
Vamos germinar juntos ideias vivas!
Com carinho,
Juliana