Receita no E-book Doces Delícais da Jú

fevereiro 21, 2015 Culinaria Viva 2 Comments



2 comentários:

Olá! Deixe seu comentário!
Vamos germinar juntos ideias vivas!
Com carinho,
Juliana

E-book Do Grão ao Pão Essênio!

fevereiro 21, 2015 Culinaria Viva 0 Comments


0 comentários:

Olá! Deixe seu comentário!
Vamos germinar juntos ideias vivas!
Com carinho,
Juliana

Nhoque com molho vermelho e pramesão de castanhas

fevereiro 21, 2015 Culinaria Viva 0 Comments


Ingredientes:
¾ de xícara de abobrinha verde
1 xícara de castanhas de caju ou girassol descascado - hidratados por 8 horas
¾ de cenoura crua picadinha
1 dente de alho amassadinho
½ colher de chá de sal
1 colheres de sopa de azeite de oliva (ou  o suficiente)
2 colheres de sopa de aveia em grão em forma de farinha (ou o suficiente pra dar liga)

Preparo:
1. Processe a cenoura e a abobrinha em um processador até que fique o mais fino possível;
2. Drene o excesso do líquido que vai sorar;
3. Adicione as castanhas ou girassol, o sal, o azeite de oliva e processe até obter uma consistência homogênea;
4. Adicione a farinha de aveia* o suficiente para dar liga e firmar a consistência;
5. Polvilhe farinha sobre a superfície lisa que você dispõe;
6. Parta a massa e faça um rolinho para cortar os pedacinhos de nhoque, enrole sobre a farinha;
7. Pique em pedacinhos;
8. Desidrate por 6 horas, no sol ou no desidratador elétrico, a temperatura de 42 graus;
9. Sirva amornado e com molho amornado. Eles podem ser amornados no sol, no forno com a porta entreaberta para não assar, ou no desidratador elétrico ** .


Como fazer a farinha de aveia em grão germinada:

Você tem opções, a mais ortodoxa e a mais fácil...rs Deixo a seu critério.

1. a mais fácil de todas: pode ser comprar a farinha de aveia, ou outra farinha de sabor neutro como quinoa;

2. a segunda mais fácil: você compra a aveia em grão e processa para que vire farinha;

3. a ortodoxa: você compra a aveia em grão, hidrata por 8 horas, desidratada no sol ou no desidratador até que fique de fato bem sequinha, então processe até que vire uma farinha.

Nesse caso o ideal é armazenar o excedente em pote de vidro tampado na geladeira por até 30 dias, sempre observando bem para garantir que não há umidade ou fungos na hora de usar.


Desidratador, possibilidades de marcas no Brasil e exterior:

Meloni: http://www.meloni.com.br/desidratadores-alimentos/produto/desidratadores/desidratador-pratic-dryer-127.htm
Pardal: http://www.pardal.com.br/desidratador-new-hobby-branco-analogico
Excalibur: http://www.excaliburdehydrator.com/shop/tray-dehydrators/9-tray/9-tray-large-excalibur-with-26-hour-timer


Molho vermelho:

Ingredientes:
2 tomates médios ou 1 grandão
¼ de xícara de tomate seco hidratado na água ou no azeite
4 tâmaras sem semente
1 colher de sopa de shoyo de boa procedência (link com sugestão de marca abaixo)
1 pitada de pimenta caiena (opcional e a gosto)
1 colher de sobremesa de manjericão fresco picado (ou orégano seco ou outra da sua livre escolha)
Uma colher de sobremesa rasa de azeite extra-virgem
Sal a gosto

Preparo:
1. Reserve as ervas para o final;
2. Processe ou liquidifique todos os ingredientes até obter uma consistência homogênea;
3. Polvilhe as ervas e misture com uma colher, reserve um pouco para decorar;
4. Amorne o molho, cuidando para que a temperatura não ultrapasse o que a mão suporte;
5. Arrume o nhoque no prato já amornado (no sol, no forno ou no desidratador);
6. Cubra delicadamente o nhoque com o molho e polvilhe as ervinhas! Parabéns!

Dica:
Só sirva o molho na hora de servir para não molhar os nhoques.

Quer fazer uma mudança de hábitos alimentares com leveza, alegria, sem radicalismos e no seu próprio ritmo?

Baixe meu guia gratuito clicando aqui ou na imagem abaixo:
Ah! Mande suas fotos e experiências!

Gratidão!
Juliana

0 comentários:

Olá! Deixe seu comentário!
Vamos germinar juntos ideias vivas!
Com carinho,
Juliana

Adoro fotos!

fevereiro 21, 2015 Culinaria Viva 0 Comments


0 comentários:

Olá! Deixe seu comentário!
Vamos germinar juntos ideias vivas!
Com carinho,
Juliana

Roda das crisálidas

fevereiro 21, 2015 Culinaria Viva 0 Comments


Em uma nova crisálida...
Assim que estou.
Me dando conta de são muitas até a última, que não será a última enfim.
Percebendo que são tantas, me dou conta de que nunca estarei pronta.
Serei sempre transformação.
Não creio que lagarta saiba em que merda o casulo pode dar.
Sigo, como ela na roda das crisálidas...
Talvez eu já esteja voando...
Sem me dar conta das asas.

JM

0 comentários:

Olá! Deixe seu comentário!
Vamos germinar juntos ideias vivas!
Com carinho,
Juliana

Sushi Vivo

fevereiro 14, 2015 Culinaria Viva 0 Comments


0 comentários:

Olá! Deixe seu comentário!
Vamos germinar juntos ideias vivas!
Com carinho,
Juliana

Filosofando com a natureza!

fevereiro 06, 2015 Culinaria Viva 0 Comments


Hoje fui caminhar na areia da praia e me deparei com uma tempestade daquelas rolando lá fora no oceano. Logo pensei que era a tal que não veio ontem...rs Acreditei que fatalmente ela me pegaria no meio da praia, mas mesmo com "medo" fui caminhar, até levei minha havaiana pro caso de ter voltar pela calçada rapidinho.

Caminhei distraidamente, tomando conta do meu pé, até que quando cheguei do outro lado da praia, (coisa de 700 metros, pra quem não conhece Itacoatiara) eu lembrei da tempestade e parecia que ela tinha andado e muuuuiiito, só que mais pra fora, pra mais distante. Pensei que nunca tinha visto uma tempestade tão grande andar tão depressa...rsrsrs Que incrível fenomeno! Rsrs... Fiquei toda animada que ela não iria me alcançar e voltei mais confiante do que fui.

Lá vinha eu toda feliz até chegar ao ponto de partida. E pra minha surpresa lá estava a tempestade, no mesmo lugar. Ela não tinha andado nada...rs. Quem andou fui eu, e isso fez mudar a minha forma de ver a tempestade!!!

E eu fiquei pensando que assim é para todas as coisas da vida, né? A tempestade pode estar bombando onde for, na cabeça de quem for, na situação que for, mas se eu mudo de lugar, meu mundo muda e a tempestade perde o poder sobre mim. E posso até curtir um  "mergulhinho saideiro", numa água morninha de dia de chuva, mesmo sem chuva, só pra relaxar! ... rsrs...

Boa noite, jardim!
Beijocas floridas da Jú!

0 comentários:

Olá! Deixe seu comentário!
Vamos germinar juntos ideias vivas!
Com carinho,
Juliana