Roda das crisálidas

02:34 Culinaria Viva 0 Comments


Em uma nova crisálida...
Assim que estou.
Me dando conta de são muitas até a última, que não será a última enfim.
Percebendo que são tantas, me dou conta de que nunca estarei pronta.
Serei sempre transformação.
Não creio que lagarta saiba em que merda o casulo pode dar.
Sigo, como ela na roda das crisálidas...
Talvez eu já esteja voando...
Sem me dar conta das asas.

JM

Você também pode gostar de:

0 comentários:

Olá! Deixe seu comentário!
Vamos germinar juntos ideias vivas!
Com carinho,
Juliana