B12, o potencial Sem limites

22:24 Culinaria Viva 0 Comments


Eu ouvi uma coisa linda sobre B12. Acredito que tenha sido a coisa mais relevante até então. Maior que algo que se relaciona a comer ou não comer carne, maior que ser ou não ser vegetariano, maior que o julgamento de quem come com ou sem carne. Maior que a teoria de que as taxas de pessoas que comem de tudo não podem ser comparadas com aquelas que não comem de tudo. Maior que B12 estar relacionada com a diversidade alimentar. E todas as outras ideias relacionadas e associadas. Maior que tudo isso...

Até porque, na minha humilde opinião, tudo isso é retórica quando sabemos que "carência" de B12 é coisa que dá em gente, em gente que come de tudo, gente que não come nada, gente que é chata pra comer e gente que escolhe demais o que considera bom pra si...rs Enfim, coisa que dá em gente, mas não em toda gente, mas em muita gente! Coisa assim.


Antes de mais nada creio que seja bem bacana reforçar que respeito muito e considero super relevante estar de olho nessa vitamina,  que mexe com todo o nosso potencial, clareza de pensamentos e muito mais. Por isso estou sempre lembrando a sua importância para as pessoas a minha volta. Mas hoje vim conversar sobre uma "forma de tratar o tema" que ouvi falar por esse dias.


Em uma conversa com minha amiga, a chef educadora Cynthia Brant num encontro que tivemos lá no Terrapia e ela me trouxe uma reflexão de uma nutricionista sobre a reposição de vitamina B12. Eu do alto da minha B12 no limite aceitável de sempre, dizia que não achava que eu tivesse problema  com isso, pois sempre está lá no limite razoável e eu não sinto nada dos sintomas listados como os que se relacionam com a falta da vitamina.


Então, ela me conta que mais do que limites e razoabilidade e taxas, a reposição de B12 se relaciona com algo maior que não dedicamos muita atenção, geralmente. Segundo ela, a "amiga nutri", que queira me perdoar, não registrei o nome, ensina que ter bons níveis de B12 se relaciona com ter uma percepção do próprio potencial, que através da devida reposição, pode nos fazer chegar a níveis que nunca imaginamos que poderíamos vir a desenvolver.


Que apenas com a reposição chegando a níveis mais que razoáveis ou baixos, somos capazes de experimentar uma noção real da nossa potencialidade, um outro nível de concentração, capacidade de realização e produção, além de criatividade e dinamismo nunca antes observada.


E eu me peguei pensando nas coisas que tantas vezes acreditamos que não somos capazes de realizar ou transformar. E quantas pessoas se queixam comigo, hoje mesmo almocei com uma amiga que se queixava de não conseguir dar andamento em coisas relevantes na sua vida. E claro que pensando em forma espiritual e força de vontade, mas nunca conversaríamos sobre B12 como uma aliada nessa transformação.


E eu me peguei pensando naquele filme "Sem Limites", será que você assistiu? Então sabe que estou vou brincar de exagerar, mas foi essa imagem que me veio a mente! kkk... Salvando as devidas proporções eu fiquei pensando em como pode ser magnífico descobrir que apesar de todos os esforços modelando um estilo de vida saudável, buscando dormir cedo, comer bem, não comer comida danosa (sempre), respirar ar bom, estar em contato com ambiente natural, se movimentar nesse ambiente, estar em contato com a horta e valorizar os alimentos naturais e saudáveis, uma vitaminazinha facinha de tomar poderia fazer uma diferença que nunca imaginei na minha realidade.


E isso me colocou pra pensar. A primeira ideia é que seria maravilhoso sair correndo e tomar logo uma injeção de reposição da vitamina pra começar o processo com intensidade, até porque a vitamina B12 demora muito pra começar a ser assimilada e diante de viver o máximo do potencial nunca antes imaginado eu pensei "como seria maravilhoso tomar uma dessas agora"! kkk... Tudo verdade! kkkk Pessoa muito animada....rsrs...rs Será que me falta mesmo B12? kkkk


Portanto agora, nesse momento maternidade, por recomendação da minha obstetra, comecei uma jornada de reposição da santa vitamina B12, e claro que obedeci rapidinho,  super animada pela expectativa de uma nova postura, uma nova força criativa e uma nova potencialidade, "sem limites" ou pelo menos nunca antes experimentada....rs Sério! ...rs


Animada e confiante, recomendo que você avalie essa ideia para sua realidade e descubra se de fato há outros níveis de ser e viver que estão adormecidos na carência da diversidade, representada pela flor de vitamina B12! E que você vai saber se pagar pra ver. E se não for, mal não vai fazer!


E vamos que vamos navegando pelos mares da saúde, nas rotas das boas novas, buscando aportar em mundos de mais força de vida e de viver, agora e sempre e cada dia mais!


Um vivo abraço,

Juliana Malhardes

Você também pode gostar de:

0 comentários:

Olá! Deixe seu comentário!
Vamos germinar juntos ideias vivas!
Com carinho,
Juliana